Biografia

Bio
2018
Marina Lima lança o seu mais recente trabalho, “Novas Famílias”. Um disco de inéditas, com parcerias ( Antonio Cicero, Silva, Leticia Novaes, Dustan Gallas, Arthur Kunz), e uma regravação de “Pra Começar.

2015
Marina Lima lança “No Osso”, gravado ao vivo no Sesc Belenzinho em São Paulo
2012
Marina Lima publica seu primeiro livro, “Maneira de Ser”
2011
Lançamento do CD “Clímax” em 2011, quando se muda para São Paulo.
1979
Torna-se a primeira artista mulher a assinar um contrato com a gravadora Warner. Em 1979, lança seu primeiro disco, “Simples como Fogo”.

Desde então, com uma discografia composta por 21 álbuns, é trilha sonora dos brasileiros de várias gerações.

Com influências que passam pelo pop, rock, blues, bossa-nova e música eletrônica, Marina tem hits como “Pra Começar”, “À Francesa”, “Fullgás”, “Virgem”, “Uma Noite e ½”, “Pessoa”, “Me Chama”, entre tantos outros.

1975
Em 1975, coloca música no poema “Alma Caiada”, escrita pelo irmão mais velho, Antonio Cicero. É a partir dessa composição que se inicia uma parceria artística de sucesso. No ano seguinte, “Alma Caiada” é gravada por Maria Bethânia. Contudo, a censura prévia do regime militar não permite a publicação do fonograma.
1955
A cantora e compositora Marina Lima nasceu no dia 17 de setembro de 1955, no Rio de Janeiro (RJ). Aos cinco anos, muda-se com a família para Washington DC, nos EUA, onde seu pai assume um cargo executivo no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Nesta época, ganha o primeiro instrumento, um violão.
Siga Marina Lima nas redes

by Neotix